Dia Internacional da Mulher

   

Dia Internacional da Mulher

A data, 8 de março, foi criada pela Organização das Nações Unidas (ONU) no ano de 1975, e estava relacionada à uma proposta realizada em 1910, pela líder feminista alemã Clara Zetkin, durante o 2º Congresso Internacional de Mulheres Socialistas para lembrar operárias mortas durante um incêndio que ocorreu em uma fábrica em Nova York, em 1857. Segundo o “Portal Brasil” (Suinocultura Industrial, Ed.274, Ano 39, 01/17) a antropóloga Elisa Matos da Universidade de Brasília (UnB), diz que essa é uma data importante pois foi uma forma de unificar as lutas femininas que estavam acontecendo em vários países desde o início de século IXX”, ressaltou. A ideia da existência de um dia internacional da mulher foi inicialmente proposta na virada do século XX, durante o rápido processo de industrialização e expansão econômica que levou aos protestos sobre as condições de trabalho, que na época, houve incorporação da mão-de-obra feminina, em massa, na indústria. Em 1977, a Assembleia Geral aderiu como base uma resolução sobre o dia das Nações Unidas para os Direitos das Mulheres e a Paz Internacional. Ter uma data para reivindicações específicas pelos direitos das mulheres, como a busca por melhores condições de trabalho, salários equânimes, direito ao voto, combate à violência contra a mulher, entre outras questões, são de suma importância. Para a ONU, o dia Internacional das Mulheres tem ganhado uma nova dimensão mundial para as mulheres nos países desenvolvidos e em desenvolvimento. A ampliação do movimento, que tem como base quatro Conferências Mundiais da ONU sobre o público feminino, contribuiu para a promoção dos direitos da mulher e a sua participação nas esferas política e econômica. Portanto, foi-se o tempo em que o machismo era aceitável no campo e em outras esferas. Se no passado a atividade no meio rural se restringia a força bruta, hoje cresce o espaço para a sensibilidade e o detalhismo feminino. De pequenas produtoras a líderes de grandes entidades e ministérios, cresce o número de mulheres que atuam na linha de frente do agronegócio brasileiro. Estudo da Associação Brasileira Marketing Rural e Agronegócio (ABMR&A) indica que as mulheres comandam pelo menos 10% das propriedades rurais do Brasil. Essas são mulheres que transformam o campo e o mundo do agronegócio.

Assim, vamos também comemorar com nossos entes queridos mais essa data, que ocorre todos os dias, e essa importante conquista elaborando um delicioso almoço com uma saborosa receita com prato suíno!

LOMBO COM MOLHO DE DAMASCOS E ALCAPARRAS

1. INGREDIENTES

- 1 quilo de lombo suíno em peça,

- 1 xícara de suco de maçã,

- bacon cortados em cubos e folhas de louro,

- 1 xícara de vinho branco seco,

- 2 colheres de sopa de óleo e

- 3 xícaras de água fervente.

 

2. MOLHO

- 2 colheres de sopa de alcaparras escorridas,

- 1 colheres de sopa de cheiro-verde picado,

- 300 gramas de damascos secos cortados em tiras,

- 2 colheres de chá de farinha de trigo e

- 2 colheres de sopa de água fria.

 

3. MODO DE PREPARO

Em uma superfície lisa, coloque o lombo e faça pequenos furos com um garfo. Em uma panela, frite os cubos de bacon e após a fritura, ferva rapidamente com meia xícara de chá do suco de maçã e as folhas de louro. Junte o restante do suco de maçã e o vinho e misture. Coloque o lombo em uma tigela e cubra com a mistura de suco de maça, bacon frito, louro e vinho. Reserve por 30 minutos na geladeira, virando a peça de lombo na metade do tempo. Em uma panela de pressão, aqueça o óleo e doure o lombo reservado por inteiro. Junte o tempero que ficou na tigela e a água fervente. Tampe a panela e cozinhe por 35 minutos, contados a partir do início da pressão. Retire a panela do fogo, espere sair todo o vapor e abra. Verifique o cozimento e se necessário, cozinhe por mais 10 minutos com a panela destampada ou até o lombo ficar macio. Retire o lombo da panela e reserve em local aquecido. Coe o caldo que sobrou e em uma panela média, junte o caldo reservado e os damascos. Ferva em fogo alto por 5 minutos. Dissolva a farinha na água e junte à panela. Cozinhe por mais 5 minutos, mexendo sempre até engrossar. Adicione as alcaparras e retire do fogo. Fatie o lombo e coloque em uma travessa. Cubra com o molho e salpique o cheiro-verde picado. Sirva em seguida. As alcaparras são encontradas em conserva. Escorra bem o líquido e passe-as em água corrente para retirar o excesso de sal antes de utilizar. Para acompanhar, prepare um arroz com salsinha ou ervas aromáticas como manjericão, tomilho, cebolinha ou uma mistura de ervas. E... bom apetite !