Por puro preconceito ...

   

"Por puro preconceito"

Caros e Caras Pirassununguenses vamos fazer uma leitura sobre a suinocultura brasileira? É rápido. Prometo. Antes de tudo, vale a pena ressaltar que a carne suína é a carne mais consumida do mundo, seguida pela carne de frango, depois pela bovina. Vocês sabiam que o Brasil ocupa o 4º lugar como maior rebanho do mundo, 4º maior produtor de suínos no mundo e 4º maior exportador mundial de carne suína? Não? Então.... Essas informações nos levam a pensar em o porquê o consumo de carne suína no Brasil ainda ser menor do que poderia ser. A resposta é: por puro preconceito. Essa é minha opinião como técnica, bem como a da Associação dos Brasileira dos Criadores de Suínos (ABCS), da Associação Paulista dos Criadores de Suínos (APCS), como também a da de renomados chefes de cozinha e de outros profissionais do ramo da saúde. Enquanto o brasileiro consome aproximadamente 15 kg de carne suína ao ano (15 Kg per capta ano) o consumo de outros países, principalmente os do continente europeu, são extremamente mais elevados, como é o exemplo da União Europeia que apresenta um consumo per capta anual de 39 kg. O consumo dos Estados Unidos da América é de 28 kg per capta ano, o da China de 43 kg per capta ano, e de Hong Kong, pasmem, é de 70 kg per capta ano! (ANUALPEC, 2015). Assim, esforços vindos de diversos profissionais fazem com que o consumo de carne suína tenda a crescer nesses próximos anos como tem ocorrido desde a década de 90 devido ao incansável esforço de nossa ABCS e APCS. Profissionais ligados à saúde, como o Professor de Educação Física Mário Atalla bem como o Chefe de Cozinha Carlos Bertolazzi enumeram alguns dos principais itens relacionados aos motivos pelos quais devemos incluir a carne suína em nosso cardápio:

  1. Facilidade naconfecção de diversos cortes como o filé-mignon, a alcatra, a paleta, a costela, a picanha, o pernil, entre outros;
  2. Por a carne suína ser suculenta, essa geralmente não necessita de um longo tempo de preparo, além do que essa carne absorve facilmente temperos cítricos, agridoces e picantes (Bertolazzi, 2017);
  3. A carne suína é transformada no organismo e auxilia a manter a massa muscular corporal. Devido à carne suína ser rica em proteínas de alto valor biológico que, quando digeridas, geram aminoácidos essenciais (unidades individuais da proteína), necessários para a geração e manutenção da massa magra corporal;
  4. Auxilia na prevenção de doenças: por possuir menor teor de sódio em relação a outras carnes e conter maior teor de potássio, a carne suína apresenta maior potencial para evitar a hipertensão arterial quando consumida em cortes magros. Devemos lembrar também que a carne suína é rica em ferro e assim, é indicada para pessoas que apresentam quadro de anemia;
  5. Fortalece o sistema imunológico uma vez que é rica em rica em ferro, vitaminas A e C, nutrientes necessários manutenção e fortalecimento do funcionamento do sistema imunológico;
  6. A carne suína apresenta menor teor de colesterol do que divulgado pela mídia. Segundo a APCS (2016), “a carne suína é saudável e gostosa”, pois se compararmos os teores de colesterol de alguns cortes de diferentes espécies, veremos as seguintes quantidades de colesterol por 100g de corte analisado:  Filé suíno assado: 79 mg; costela suína cozida: 91 mg; bisteca suína assada: 90,2; tender suíno: 81,1 mg; peito de frango cozido: 83,9 mg; coxa de frango frita: 90,7; fígado bovino frito: 90 mg; lombo bovino assado: 85,7 mg e peru sem pele assado: 76,5 mg;
  7. Segurança de procedência: atualmente, é possível estar seguro da procedência da carne suína que consumimos, ao buscarmos, quando comprarmos, na embalagem o Selo de Inspeção Municipal (SIM), Estadual (SIE) ou Federal (SIF), emitidos pelo Ministério da Agricultura.

Então você está esperando o quê? Vamos tirar aquela receita da gaveta ou fazer uma busca na internet e preparar um prato para confraternizar com os nossos nesse final de semana que promete ainda ser chuvoso e com temperatura amena. Ideal para degustar aquele prato suíno com um vinho de uma boa safra rodeado de familiares e amigos. A carne suína além de ser saudável e gostosa, ela reúne e aproxima as pessoas. Então vamos lá consumir uma carne saborosa, saudável, segura e de procedência garantida!