EVENTO PREMIA PARTICIPANTES DO MAPA CULTURAL E CONCURSO DE POESIAS E CRÔNICAS

   

EVENTO PREMIA PARTICIPANTES DO MAPA CULTURAL E CONCURSO DE POESIAS E CRÔNICAS

A Secretaria Municipal de Cultura realizou no último dia 23 de outubro, no Centro de Convenções, a solenidade de premiação do Concurso de Poesias e Crônicas de Pirassununga, lançados dentro do projeto Com Cultura.

Foram duas as categorias, tanto para Poesia, quanto para Crônicas: Estudantil (destinada a estudantes até o Ensino Médio do município de Pirassununga); e Adulto (destinada a todos os interessados de todo o país). Na categoria estudantil não houve inscritos. Já na categoria livre (adulto), na modalidade Poesia houve 9 inscrições, num total de 15 poesias. Na modalidade Crônica tivemos 6 inscritos, num total de 8 crônicas.

Cada participante poderia se inscrever com até 2 trabalhos inéditos (poesia e crônica nunca antes publicada na forma impressa), impressos individualmente, num só lado do papel (tamanho ofício/carta), com no máximo 40 linhas cada um (duas laudas), contendo título e pseudônimo. Uma comissão julgadora constituída de três professores (Joseli Marise Benine, Paulo Henrique Máximo e Karla Nogueira Fulem) fez a seleção dos trabalhos inscritos sendo conferido medalhas aos três primeiros colocados de cada categoria.

Os três melhores de cada categoria receberam medalhas. Eis os vencedores: Poesia: 1º lugar – Aflição do emigrado, de autoria de Nicola Di Gregório (Pirassununga), 2º lugar – Sucateiro do Amor, de autoria de José Augusto Silvério (Santa Rita do Passa Quatro) e 3º lugar – Sou rio, de autoria de José Hermínio Leal Quintana (Pirassununga).

Crônica: 1º lugar – Paft Puft e..., de autoria de Sara Zero dos Santos (Pirassununga), 2º lugar – Você já viu a chuva?, de Péricles Aguiar de Souza Júnior (Pirassununga) e 3º lugar – Poesia em três ruas, de autoria de Fernanda de Moura Picciarelli (Pirassununga). Participaram do concurso Marcos Aurélio Pedrazini dos Santos, Pedro Eduardo Gomes da Silva, Cláudia Amário dos Santos, Roberto Bruno, Laura H. Reis, Osvaldo Viturino, José Hermínio Leal Quintana, José Augusto Silvério, Nicola Di Gregório, José Anésio Palaveri, Leandro Del Tedesco, Fernanda de Moura Picciarelli, Péricles Aguiar de Souza Júnior e Sara Zero dos Santos.

Os Concursos de Poesias e Crônicas de Pirassununga têm como objetivo estimular a criatividade, a originalidade e o gosto pela arte literária, em busca de novos talentos e de uma linguagem contemporânea.

Como prêmio extra, foram encaminhados para a Fase Regional do Mapa Cultural Paulista 2015/2016, representando a cidade de Pirassununga, o 1º e 3º lugar de Poesia e o 1º e 2º lugares de Crônica. Os vencedores e participantes do Concurso receberam as medalhas e certificados das mãos da prefeita municipal Cristina Aparecida Batista e do Secretário de Cultura Kleber Gabriel da Silva.

Na oportunidade também receberam certificados os participantes da fase municipal do Mapa Cultural Paulista que foram classificados para representar Pirassununga na Fase Regional: Artes Visuais (Isabella Canônico Valsecchi, Adenilson Guiar e José Alfredo de Andrade), Teatro (Cia Pé de Baco), Dança (Grupo de Danças Parafolclóricas) e Literatura (Conto: Giovana Salviato Ezequiel; Poemas: Giovana Salviato Ezequiel, Nicola Di Gregório e José Hermínio Leal Quintana; e Crônica: Giovana Salviato Ezequiel, Sara Zero dos Santos e Péricles Aguiar de Souza Júnior).

Após a solenidade de premiação foi realizada uma palestra versando sobre o tema “Formação do Escritor”, pelo jornalista e poeta Reynaldo Damazio.

O palestrante, Reynaldo Damazio, é formado em Sociologia pela USP, é editor, jornalista, crítico e poeta. É membro imortal da ALUMBRA – Academia Luminescência Brasileira, colaborador do Guia de Livros da "Folha de S. Paulo” e das revistas "Arte Brasileiros" e "Nossa América Hoy”. É coordenador do Centro de Apoio ao Escritor, da Casa das Rosas, diretor da Dobra Editorial e autor dos livros de poemas “Nu entre nuvens” (Ciência do Acidente) e “Horas perplexas” (Editora 34), entre outros. Esta palestra foi realizada em parceria feita pela Secretaria de Cultura e a Oficina Cultural Sérgio Buarque de Holanda, de São Carlos.

O evento teve como mestre de cerimônias e coordenador do Mapa Cultural local o Prof. Israel Foguel.

- Israel Foguel (jornalista)