Igreja um Organismo Vivo na Sociedade

   

            Igreja um Organismo Vivo na Sociedade

 

Uma palavra pode ter vários significados que mudam conforme o contexto e que variam com o tempo. A palavra igreja traz significados diferentes, que podem ser perfeitamente corretos em determinados contextos e épocas. Como nosso interesse aqui é a busca constante de maior entendimento das Escrituras, focalizamos a palavra igreja no seu sentido bíblico. Especificamente, pensemos sobre a igreja como um organismo.

Desde os primeiros anos na escola, aprendemos que um organismo é um conjunto de órgãos que constituem um ser vivo, o sentido principal nos dicionários comuns. Embora as traduções bíblicas mais comuns não empreguem a palavra organismo, a ideia é claramente apresentada em algumas figuras da igreja no Novo Testamento.
A figura mais óbvia da igreja como organismo é a de um corpo com vários membros. É uma imagem da igreja usada para ensinar vários fatos importantes. Consideremos alguns.

Cada membro deve contribuir ao bem do corpo inteiro. O apóstolo Paulo mandou uma carta à igreja na cidade grega de Corinto com o intuito de corrigir diversos problemas doutrinários e práticos. Apesar de terem recebido dons especiais de Deus, os cristãos em Corinto tinham muitas dificuldades em questões de amor e respeito uns para com os outros. Entre outros assuntos, Paulo falou de problemas de partidos e brigas, de processos legais entre irmãos e de abusos de supostas liberdades ao ponto de prejudicar a vida espiritual dos irmãos. Ele empregou o conceito de um corpo composto de diversos membros para corrigir tais condutas e as atitudes por trás delas: “Porque também o corpo não é um só membro, mas muitos. Se disser o pé: Porque não sou mão, não sou do corpo; nem por isso deixa de ser do corpo. Se o ouvido disser: Porque não sou olho, não sou do corpo; nem por isso deixa de o ser. Se todo o corpo fosse olho, onde estaria o ouvido? Se todo fosse ouvido, onde, o olfato? Mas Deus dispôs os membros, colocando cada um deles no corpo, como lhe aprouve. Se todos, porém, fosse um só membro, onde estaria o corpo? O certo é que há muitos membros, mas um só corpo” (I Cor 12:14-20). Em outra epístola, Paulo usou a mesma ideia para incentivar a edificação mútua dos cristãos: “de quem todo o corpo, bem ajustado e consolidado pelo auxílio de toda junta, segundo a justa cooperação de cada parte, efetua o seu próprio aumento para a edificação de si mesmo em amor” (Efé 4:16).

O corpo depende da cabeça, Cristo. O mesmo trecho em Efésios 04 apresenta mais um fato importante sobre esse corpo: a sua dependência da cabeça. Voltemos um versículo para ver este ponto importante: “Mas, seguindo a verdade em amor, cresçamos em tudo naquele que é a cabeça, Cristo” (Efé 4:15). Embora ninguém gostasse de perder membros do seu corpo, sabemos que muitas pessoas vivem muito bem sem um braço, uma perna ou um olho. Mas nenhum corpo sobrevive sem a cabeça! Quando a igreja se torna em uma organização social que se importa somente com as relações humanas, esquecendo-se da importância de fidelidade total à cabeça, ela morre!

Outra figura que mostra a interdependência de membros vivos ligados a Jesus é de um edifício vivo. Pedro cita alguns textos do Antigo Testamento para apresentar essa figura. Consideremos os comentários desse apóstolo:

A casa espiritual é feita de pedras vivas com base na principal Pedra. “Chegando-vos para ele, a pedra que vive, rejeitada, sim, pelos homens, mas para com Deus eleita e preciosa, também vós mesmos, como pedras que vivem, sois edificados casa espiritual para serdes sacerdócio santo, a fim de oferecerdes sacrifícios espirituais agradáveis a Deus por intermédio de Jesus Cristo” (I Pe 2:4-5). Mesmo quando Pedro fala da igreja como um edifício, ele não pensa em alguma estrutura sem vida. A principal pedra é Jesus (e ele está vivo - veja I Pe 1:3), e cada pedra acrescentada na construção dessa casa espiritual também vive!

O conceito bíblico da igreja não é de uma instituição com sua hierarquia mundial e poder político. É um organismo composto de pessoas reais e vivas - pessoas como você e eu!