Aposentado quebra o fêmur e fica abandonado no Pronto Socorro de Pirassununga

O Operador de Máquina, Benedito Aparecido, 52, morador no jardim São Lucas, zona norte da cidade de Pirassununga/SP compareceu ao Plantão da Polícia Judiciária as 18h13 desta quarta-feira, 6, onde registrou um boletim de ocorrência de mal atendimento junto ao Pronto Socorro da Santa Casa.

De acordo com Benedito Aparecido, seu pai, Dorival Pereira, 78, morador no jardim São Valentin, zona norte da cidade, por volta das 04h15 da madrugada da quarta-feira em questão sofreu uma queda na sua residência, sendo acionado resgate do Corpo de Bombeiros, os quais socorreram a vítima ao Pronto Socorro local.

Ao chegar ao hospital à vítima foi atendida pelo Dr. Marcelo, o qual solicitou exame de raios-X constatando-se que havia ocorrido fratura do fêmur da perna esquerda.

Ocorre, segundo o filho da vítima, que o Dr. Marcelo não acionou o médico ortopedista, que no caso era o Dr. Rui. Em seguida como ocorreu a troca de plantão, o atendimento da vítima ficou a cargo do Dr. Pedro, o qual então ligou para outro ortopedista, Dr. Fábio, o q alegando que o paciente deveria ter sido atendido pelo Dr. Rui.

O declarante ainda informa que o Dr. Pedro chegou a conversar até com a diretoria do hospital, contudo até o momento da feitura do boletim de ocorrência, a vítima não foi internada, estando esta desde 05h08 numa maca, esperando que algum médico assuma seu tratamento, para que então possa ir para um leito. Por fim, o Operador de Máquinas informou que até alimentação teve que levar ara a vítima.

Fotos
    Nenhuma foto disponível para esta matéria.

Comentários