Polícia Militar de Pirassununga segue no combate ao tráfico de drogas

Duas ações distintas da Polícia Militar de Pirassununga terminaram com a apreensão de drogas e a qualificação de pessoas suspeitas durante a noite desta sexta-feira (11). Um dos casos ocorreu na Vila Industrial e outro na Avenida Padre Antônio Van Ess, logo na entrada da cidade.

1º caso
Por volta das 22h20, os PMs Franco e Furlan realizavam patrulhamento pela Vila Industrial quando se depararam com dois indivíduos conhecidos dos meios policiais. Como contra eles pesavam várias denúncias a respeito de tráfico de drogas, foi feita a abordagem. De acordo com o BO, neste momento, um deles teria tentado dispensar um objeto. A dupla tentou fugir, mas foram detidos.

Foi feita uma vistoria nas proximidades e encontrados dois papelotes de maconha. Sabendo das denúncias contra os acusados, a PM foi até a casa de um deles onde dentro de um copo no armário da cozinha foram encontradas duas porções de maconha e uma de cocaína. O suspeito disse que realmente a droga seria para comércio e que cada papelote era vendido a R$ 10. No imóvel foram encontrados R$ 350 (que o acusado disse ser oriundo de seu trabalho). Ele foi qualificado e liberado, mas será investigado.

O outro indivíduo era um adolescente. Foi feita também revista em sua residência onde foi encontrada uma porção de maconha. O menor afirmou que seria para seu consumo próprio. O caso foi registrado em boletim de ocorrência e o adolescente liberado.

2º caso
Já por volta das 20h30, os PMs Mancin e Mattos realizaram mais uma abordagem pela Avenida Padre Antônio Van Ess, entrada da cidade. Eles receberam uma denúncia de que duas mulheres, de 20 e 35 anos teria se dirigido para Porto Ferreira em uma motocicleta Honda CG para buscar drogas – tudo a mando do companheiro de uma delas.

Quando uma moto chegou com duas mulheres pela avenida, foi feita a abordagem. Foi questionado se elas estavam com drogas e de imediato uma delas entregou três cápsulas de cocaína que estavam em seu sutiã. A outra averiguada entregou dois tabletes de maconha, que também levava no sutiã.

Uma das averiguadas informou que são obrigadas a irem até a cidade vizinha para buscar drogas para o seu companheiro vender e que essa não é a primeira vez que isso acontece. O autor já foi identificado e qualificado no boletim de ocorrências. O caso foi encaminhado para investigação da Polícia Civil.

 

Fotos

Comentários